27 de abr de 2012

Publicação científica sobre as aves frugívoras a partir de dados coletados no criadouro conservacionista

"Passage time of seeds through the guts of frugivorous birds, a first assessment in Brazil"

by Gabriel Gasperin and Marco Aurélio Pizo

Resumo: Tempo de passagem de sementes pelo trato digestório de aves frugívoras, uma primeira avaliação no Brasil. O tempo de passagem das sementes ingeridas por animais frugívoros tem importantes implicações para a distribuição espacial das sementes e sua distância de dispersão. Apesar disso, raramente este parâmetro é abordado em estudos de dispersão de sementes.
Neste trabalho, fornecemos informações sobre o tempo de passagem de sementes de nove espécies de plantas ingeridas por indivíduoscativos de seis espécies de aves (Turdus albicollis, T. amaurochalinus, T. leucomelas, T. rufiventris, Stephanophorus diadematus e Saltatorsimilis). Observamos que (1) sementes regurgitadas passam mais rapidamente pelo trato digestório das aves que sementes defecadase (2) sementes grandes (e.g., > 5 mm de diâmetro para Turdus spp.) são regurgitadas e não defecadas. Estes resultados corroboram outros estudos, porém a relação entre tamanho da semente e tempo de passagem parece ser bastante complexa e variável, necessitando de estudos mais detalhados sobre este importante aspecto da ecologia da dispersão de sementes e da fisiologia digestiva das aves frugívoras.

Revista Brasileira de Ornitologia, 20(1), 48‑51
Março de 2012 / March 2012
Acesse o link e veja mais sobre o artigo: http://www.ararajuba.org.br/sbo/ararajuba/artigos/Volume201/rbo201.pdf

Estagiárias da UCS na Arca de Noé

Veterinária e a Arca de Noé Criadouro Conservacionista

Estagiários na Arca de Noé Criadouro Conservacionista


Estudantes do Curso de Biologia da Universidade de Caxias do Sul - UCS (Caroline de Melo e Simone Lazareti), durante o estágio curricular no Projeto Arca de Noé (fevereiro/2012).