12 de dez de 2007

Grupo de Estudantes e Pesquisadores Arca de Noé

Ao decorrer deste semestre, um grupo de universitários iniciou trabalhos de pesquisa em diferentes campos de conhecimento tendo como objeto de estudo o plantel do Centro de Vida Selvagem. Os estudantes fazem visitas ao local com assiduidade, realizam levantamentos e acompanham os animais.

A dedicação ao projeto e a colaboração voluntária na manutenção e cuidado com os recintos e com os cerca de 500 animais abraçados pela Arca de Noé não deixam dúvidas de que o grupo, mais que produzir conhecimento científico, está promovendo a qualidade de vida dos animais e colaborando com a causa ambiental.

Algumas informações coletadas na Arca, dados sobre o seu plantel e imagens, bem como notícias do mundo animal estão disponíveis ao público no seguinte endereço: http://arcadenoe1.blogspot.com/




Foto extraída do Blog arcadenoe1.
Clic de um filhote de sagüi nascido na Arca

Acompanhe a trajétória do grupo de pesquisas e se encante com as descobertas e as novas experiências que a Arca de Noé pode oferecer.

Se você é estudante de biologia, veterinária, nutrição, gestão ambiental ou outra área afim, ou tem um projeto de pesquisa, uma visão e a vontade de colaborar, entre em contato conosco para conhecer melhor a Arca e participar.


mail to: contatoarcadenoe@gmail.com

7 de dez de 2007

Exposição de Fotos Arca de Noé

O fotógrafo Tiago Trindade, conhecido na cena da moda e de eventos do Rio Grande do Sul, visitou o Centro de Vida Selvagem e capturou algumas das imagens mais representativas já feitas de algumas espécies em vias de extinção e também de outros animais que compõem o plantel do criadouro conservacionista.

Identificado com a causa, Tiago apoia a Arca e além de produzir as imagens, está divulgando o projeto através da exposição de fotos em seu site.

Os registros feitos no Centro de Vida Selvagem falam por si só.

E valem, não só para ilustrar o trabalho da Arca de Noé, mas também para aproximar o público da urgência do tema, das perdas ao planeta promovidas pela ação do homem, da condição de vida dos animais obrigados a viver em cativeiro e do esforço de grupos engajados que buscam oferecer à sociedade e ao mundo a chance da biodiversidade.

Você pode visitar a exposição virtual acessando o site http://www.tiagotrindade.com/.


Seja também um apoiador da Arca de Noé.

Entre em contato através do email: contatoarcadenoe@gmail.com e colabore!

Preservação Ambiental: a nossa causa também é sua.

28 de nov de 2007

Arca de Noé na TV

O TVE Repórter traz como tema desta semana os Primatas Urbanos.
O programa veicula hoje, quarta-feira, às 22h40 e no domingo, às 21h no canal 07.

A equipe de reportagem contatou o Ibama buscando saber um pouco mais sobre a trajetória destes macacos que migram para os centros urbanos tentando a sobrevivência.

O órgão indicou a Arca de Noé para coleta de material em vídeo e informações sobre o tema.

Foram registrados takes do Centro de Vida Selvagem e dos animais que compõem o plantel.

Hugo Schünemann, fundador da Arca de Noé, concedeu entrevista à TVE falando sobre o projeto, sua proposta e sua função e também sobre a nova postura de fomento à pesquisa.

Moira Ansolch, veterinária especializada em animais silvestres que atende ao plantel da Arca, contou sobre hábitos dos primatas e sobre as condições de vida em cativeiro.

Assista hoje ao programa, conheça um pouco mais sobre o projeto e informe-se sobre como colaborar.

25 de nov de 2007

Arca de Noé: A nossa causa é também sua


Há mais 10 anos, a Arca de Noé atua como um centro de manutenção da vida de animais silvestres vitimados pelo tráfico, maus-tratos e pela impossibilidade de sobrevivência em seus habitats naturais.

Criadouros conservacionistas prestam um importante serviço no esforço de evitar a extinção permanente de muitas espécies, abrigando animais e oferecendo a possibilidade de reprodução da espécie em ambientes propícios ao seu desenvolvimento. Entretanto, a proposta da Arca de Noé vai além.

Promovendo a participação de jovens pesquisadores, a instituição, inscrita no Ibama sob o registro de número 2/43/1999/000039-8, se propõe a servir como um banco genético de primatas.
A idéia é a de gerar conhecimento científico com base em estudos realizados com os animais do Centro de Vida Selvagem, melhorando a qualidade de vida do seu próprio plantel, oportunizando melhorias nas condições de cativeiro neste em outros criadouros conservacionistas e, principalmente, deixando para as gerações futuras um importante legado: informações sobre espécies em vias de extinção que poderiam – e podem ainda - ter um fim sem que se saiba ao certo o que representam para o planeta.

A Arca de Noé é um projeto de iniciativa civil, mantido por pessoas como eu e você, que não só acreditam que podem fazer a diferença, como realmente fazem. E toda a ajuda é bem-vinda.
Grandes gestos começam por pequenas escolhas que fazemos no nosso dia-a-dia. Entre em contato com este e outros projetos e descubra como colaborar com o meio-ambiente. Informe-se e comece a agir.

Pratique responsabilidade ambiental.
A nosssa causa é também sua.